Optimus D’Bandada de volta ao Porto

DBandada2012 logo 1024x514 Optimus DBandada de volta ao Porto

 É bom que tenham já começado a preparação física (e psicológica) para a noite mais agitada do mês de setembro. É que, para quem anda distraído, é já no próximo dia 15 que a Optimus D’Bandada volta a inundar as ruas da cidade do Porto. Não escapa nada.

Entre as três da tarde e as cinco da manhã, se passares pelo Plano B, o Café au Lait, Casa do Livro, Loja Vida Portuguesa, Barbearia Veneza, Praça dos Leões, Varandim da Torre dos Clérigos, Coreto do jardim da Cordoaria, Varanda do Studio Andrew Howard ou Miss Opo, entre outros, agradece por  tanta música portuguesa grátis que por ali se vai ouvir.

São 40 (q-u-a-r-e-n-t-a!) bandas ou projetos musicais em quase 60 concertos. Vai ser o salve-se quem puder. Este ano, a Optimus D’Bandada faz-se ao som dos ALTO!, We Trust, Balla, Beatbombers, Birds are Indie, Black Bombaim, Blac Koyote, Capicua, Chullage, DJ Nery, DJ Ride apresenta Pixel Thrasher, Edumundo, Filho da Mãe, Hello Atlantic, League, Memória de Peixe, Miguel Araújo, Minta & The Brook Trout, Mirror People DJ Set, Mr Miyagi, Nice Weather For Ducks, Nuno Prata, Octa Push, Os Pontos Negros, Pedro Cardoso, Peixe, Samuel Úria, Sensible Soccers, Souls of Fire, Stereoboy, The Astroboy, The Poppers, Tren Go!Soundsystem e Youth Culture.

 E ainda há uma novidade. Ou melhor, duas: as parcerias com a Casa da Música e o projeto Porta Jazz. A primeira “promete surpreender mostrando que música se pode fazer com o Gamelão, que é um instrumento do sistema educativo da Casa da Música; vai contar com atuações dos Portucale Brass, que em versão acústica vão tocar excertos de West Side Story, de Leonard Bernstein; e vai ainda dar um toque especial com atuações da violinista e compositora Ianina Khmelik, que conta para este efeito alguns convidados, para tocar originais do grupo e arranjos sobre música de Bach, Piazzolla e outros”.

Já a Associação de Músicos de Jazz do Porto garante a atuação de projetos como  SMaLL Trio; Quarteto Mário Santos Bloco A4; Hitchpop e CORETO Porta-Jazz. Bom? Pois, nós avisámos. Há música para todos os gostos e o único requisito obrigatório é estar em forma para sobreviver ao dia mais longo e alucinante de música na Invicta. Grátis, amigos, à borla!

Optimus Dbandada cartaz 693x1024 Optimus DBandada de volta ao Porto

Leave A Comment

Follow

Get every new post delivered to your Inbox

Join other followers: