Barco Rock Fest – 1º Dia

BRF Dia1 9 Barco Rock Fest   1º Dia

Luzes, Barco, Acção!

Com a chegada do mês soalheiro de Agosto, com a enchente massiva de banhistas nas praias de Norte ao Sul do nosso país e com o crescente sentimento de que as férias estão quase a terminar para a maioria dos mortais, a praia fluvial do Barco, em Taipas, Guimarães, recebe a sétima edição do festival Barco Rock Fest. O festival conta este ano com um cartaz reforçado por 22 bandas, sendo a grande maioria nacionais. E é essa mesma a essência do Fest, que este ano integra a programação da Capital Europeia da CulturaGuimarães 2012. Divulgar e promover o que de melhor se faz em território lusitano, é esse o lema do BRF.

BRF Dia1 6 Barco Rock Fest   1º Dia

 Em suma, o local ideal para todos os amantes de boa música e da natureza, onde podem desfrutar de uma atmosfera isolada da civilização, onde o som das correntes do rio Ave se funde com a música oriunda do palco, formando um miscelânea de sentimentos nos festivaleiros e um clima bucólico.

Como aquecimento para os outros três dias, a música chegou pela primeira vez ao Barco pelas mãos dos Guima Floyd, banda vimaranense de covers dos míticos Pink Floyd, a quem coube a missão de ser a única banda a atuar no primeiro dia do BRF. Juntos desde Julho de 2011, a banda constituída por Vilaça na guitarra e voz secundária, por Bessa na bateria e voz principal, Henrique nos teclados, Inácio na guitarra ritmo, Zé Tó como baixista e com Telmo Ribeiro no saxofone, fez-nos viajar para um tempo distinto, uns anos 70 distantes, numa excursão com paragens em Dark Side of the Moon, Wish You Were Here e The Wall. Com um S. Pedro amistoso e com uma plateia formada por uma vasta panóplia de faixas etárias, famílias, grupos de amigos e festivaleiros em geral, formaram um anfiteatro natural onde a Lua, essa, não estava no seu lado negro, mas sim cheia.

BRF Dia1 50 Barco Rock Fest   1º Dia

Com um começo um pouco tremido, a banda de Guimarães arrancou fortes aplausos com a interpretação da sublime Shine on You Crazy Diamond, onde, fechando os olhos, os solos de Gilmour e a batida do baixo de Rogers se manifestavam nos nossos ouvidos.

O frio característico da noite das Taipas instalava-se nos ossos do público, mas nem isso foi capaz de estragar a festa no Barco. Cantaram-se em coro êxitos como Money, Hey You e Brain Damage, não deixando ninguém indiferente e obrigando o mais tímido dos campistas a atrever-se a cantar e a dançar.

BRF Dia1 25 Barco Rock Fest   1º Dia

 E, contrariando a letra da Hey You, “… I’m coming home…”, cada vez mais festivaleiros saíam da tenda e aplaudiam com toda a pujança os temas tocados pela banda. Pode-se ainda afirmar sem receio que foi com a Another Brick in the Wall, hino de gerações, que a festa começou no Barco.

Com direito a invasão de palco por parte da abelha mascote do festival, a banda despede-se com um encore composto por uma Wish you were here cheio de amor e abraços, uma Money repetida pela segunda vez e uma Comfortably Numb melancólica e ao mesmo tempo psicadélica.

BRF Dia1 24 Barco Rock Fest   1º Dia

 Com uma prestação coesa e inteira, capaz de relembrar os maiores êxitos da banda, levantam-se dois pontos antitéticos. Por um lado, uma prestação de louvar de Telmo Ribeiro no saxofone que fez toda a diferença no produto final. Por outro, não suficiente para borrar a pintura, um reparo no que toca à voz, que foi sem dúvida alguma, o elo mais fraco desta primeira atuação no Barco Rock Fest’12.

Texto: Diogo de Oliveira
Fotografia: Miguel Oliveira

Comments
One Response to “Barco Rock Fest – 1º Dia”
  1. Touxeia diz:

    Cumprimentos,
    Excelente trabalho de reportagem parabéns.
    Estive lá e fez-me viajar no tempo….os acordes no momento certo.As vozes…faltam…mais vozes…

Leave A Comment

Follow

Get every new post delivered to your Inbox

Join other followers: